O que um bom empreendedor precisa ter em seu campo de visão? O futuro. E não somente isso, mas também ter o espírito de vontade para torna-lo concreto. Por isso que conhecimento e repertório são duas atribuições indispensáveis na hora de traçar todas as melhores estratégias para atingir suas metas.

boticario 03
Miguel Krigsner é o fundador da O Boticário

É isso que diferencia um empreendedor comum em um empreendedor excelente: Visão. Como futuros gestores, a necessidade de ver as situações de uma forma excepcional é essencial para conduzir um negócio ao sucesso. É isso o que aconselha Miguel Krigsner que, assim que terminou a faculdade, abriu uma farmácia de manipulação (inovadora, pois naquela época não existia este tipo de farmácia) e hoje é o dono de uma das maiores empresas do ramo de cosmética, O Boticário. E muitos outros conselhos em sua palestra para o Instituto Empreender Endeavor, contando um pouco da história de sua empresa.

Ele realmente é um modelo de empreendedorismo para todos nós, ainda mais por não ser formado nessa área e conseguir enxergar seu negócio com diferentes perspectivas de mundo, além de muita excentricidade e assumindo muitos riscos. Essas são algumas características listadas pelo site Uol.com.br baseadas no que Krigsner compartilha em sua palestra como referências importantíssimas para os novos atuadores da área. Para aqueles que se interessaram sobre o assunto, segue o link da matéria na íntegra. Os pontos abordados são mais simples e significantes do que podemos imaginar, além de essenciais para uma boa formação profissional.

Já o vídeo do bate-papo com Miguel Krigsner está disponível aqui embaixo e também no canal de Youtube do Endeavor. Vale a pena conferir:

Lembrando que o mercado dos cosméticos no Brasil alcança o 4° lugar no ranking mundial, sendo ultrapassado apenas pela Europa, China e Estados Unidos, como podem ler na matéria da revista Exame sobre vaidade no mundo, e está em constante crescimento desde 2010. Espera-se um aumento para 50 bilhões de reais movimentados por este mercado até o final de 2015, segundo uma pesquisa da ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal) junto a consultoria Booz & Company. Para os novos empreendedores e gestores que estão iniciando a carreira profissional, os dados acima complementam o panorama da visão de mundo e de futuro que devemos constantemente atualizar. É válido também o incentivo para pesquisar mais sobre o mercado de cosméticos e também para refletir sobre as dicas do qualificadíssimo Miguel Krigsner.

Anúncios